Presa mulher acusada de aplicar golpes em clientes que pagavam por bufês para festas que nunca eram entregues

·1 min de leitura

Uma mulher foi presa nesta quarta-feira, acusada de aplicar golpes em clientes que contratam festas que nunca eram realizadas. Segundo a polícia, a acusada que foi identificada como Rose de Oliveira Nunes tem condenação pelo crime de estelionato, estava foragida e foi localizada na casa de parentes, no bairro da Areia Branca, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

A polícia estima que ela tenha aplicado mais de 20 golpes. De acordo com as investigações, a acusada anunciava e vendia a prestação de serviço de bufês de festas, sendo que as mercadorias jamais eram entregues às vítimas que contratavam os serviços para realização de festas de aniversários, casamento e bodas de prata.
Ainda de acordo com a polícia, ele praticava esse tipo de golpe desde 2010, já tendo sido por três meses. Colocada em liberdade, continuou fazendo novas vítimas. Condenada por estelionato, estava foragida desde 2019.

A ação que resultou na prisão da mulher foi realizada por policiais da Divisão de Capturas da Delegacia de Polícia Interestadual (DC-Polinter), coordenados pelos delegados Mauro Cesar e José Paulo Pires. A presa foi encaminhada ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos