Presa por roubar comida, mãe de cinco filhos diz: “Meu sonho é virar gente”

·2 minuto de leitura
SAO PAULO, BRAZIL - MARCH 31: Volunteers prepare meals for aid distribution at the Paraisopolis favela on March 31, 2021 in Sao Paulo, Brazil. Brazil undergoes an economic crisis worsen by effects of the pandemic, which has already taken over 315,000 fatal victims. In 2021, 45.6 million people will benefit from the government's emergency aid, 22.6 million less than last year. The amount has fallen to much less than the cost of basic food, hygiene and cleaning items that families need. According to a survey conducted by the
Rosângela Sibele afirmou que estava passando fome e nao tinha condições de comprar alimentos (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)
  • Rosângela Sibele, presa por furtar alimentos, assumiu ser usuária de drogas e disse que quer começar tratamento

  • Segundo a mulher, que tem cinco filhos, o sonho dela é ser mãe e "virar gente"

  • Rosângela disse que estava passando fome e não tinha dinheiro para alimentos

Rosângela Sibele, mãe de cinco filhos que foi presa por roubar comida de um supermercado em são Paulo, disse que, agora em liberdade, quer fazer tratamento contra as drogas e sonha em “virar gente”.

Em entrevista à TV Bandeirantes, ela assumiu ter problemas com crack e afirmou que a ideia é fazer tratamento para abandonar as drogas.

Leia também:

“Estou com acompanhamento no CAPS (Centros de Atenção Psicossocial), tomando medicação, indo no NA (Narcóticos Anônimos). Quero conversar com minha mãe, abraçar meus filhos, explicar isso. Quero pedir perdão à minha família. Entendi o que eu estava fazendo com minha família. Ninguém tem a obrigação de cuidar dos meus filhos, eu tenho. Por quê fiz isso com elas? Quero pedir perdão e ir para uma clínica”, afirmou Rosângela.

A mulher passou 18 dias presa e conseguiu liberdade após a Defensoria Pública de São Paulo entrar com um pedido de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça. Na decisão do juiz Joel Paciornik, ele concordou com os argumentos de que o furto era muito pequeno e, assim, Rosângela não poderia ser mantida presa, segundo a lei.

Após a soltura, a mulher afirmou que o sonho que tem é o de ser mãe e “virar gente”.

Roubo não foi de miojo

Ao programa Brasil Urgente, Rosângela contou que não roubou um miojo, como havia repercutido, mas um leite condensado e uma Coca-Cola.

“Eu cheguei a mexer no miojo e no suco. Mas na verdade, o que eu coloquei na sacola foi uma lata de leite condensado e uma coca-cola de 600ml bem gelada. Na hora que eu estava saindo a menina perguntou se eu não estava esquecendo nada. Eu estava entregando na mão dela, mas a viatura viu. Ela também chamou a viatura.”

“Quando a viatura chegou, joguei as coisas e saí correndo, assustada. Fiquei com medo de ser presa. Eu estava com fome, enfatizei que estava com fome”, relatou. “Nos últimos dias eu estava fazendo reciclagem, não estava roubando ninguém. Eu não queria, não estou acostumada, não queria fazer. Só estava com muita fome, queria muito comer um miojo, estava doida para tomar um leite condensado e um refrigerante gelado. Não tenho dinheiro para isso.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos