Presença de peixe venenoso em Fernando de Noronha preocupa especialistas

·1 minuto de leitura
Quarto indivíduo localizado pelo ICMBio. Foto: Reprodução/Instagram
Quarto indivíduo localizado pelo ICMBio. Foto: Reprodução/Instagram
  • Peixe-leão pode afetar biodiversidade da ilha

  • Animal foi introduzido no Caribe acidentalmente na década de 1990

  • Espécie não deve ser capturada por pessoas não-treinadas

A presença de peixes-leão na ilha de Fernando de Noronha tem preocupado especialistas. No último sábado (28), foi encontrado o quarto indivíduo na ilha que, além de venenoso, pode causar prejuízos à fauna local.

A espécie está sendo monitorada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que busca formas de conter a reprodução. Além disso, a entidade treina mergulhadores locais para recolher os peixes.

O Pterois volitans, conhecido como peixe-leão, é uma espécie nativa do Oceano Indo-Pacífico, que chegou ao Caribe aproximadamente na década de 90, por introdução humana acidental. Este animal se adapta facilmente e é resistente a diferentes ambientes, incluindo águas turvas e salobras. Essa capacidade permitiu que a espécie se espalhasse rapidamente na região caribenha e chegasse a uma população quase doze vezes maior lá do que em seu local de origem.

Leia também:

O ICMBio explicou que era esperado que o peixe-leão chegasse ao Brasil em algum momento, mas que traz também preocupação, pois pode gerar desequilíbrio na biodiversidade em Fernando de Noronha. Isso porque esse animal se alimenta de espécies endêmicas, ou seja, que só existem lá, e possivelmente levar a seu desaparecimento.

O peixe-leão pode atingir também a pesca, já que se alimenta de pequenos peixes, que servem de alimento para peixes maiores.

O instituto alerta que a retirada de indivíduos das águas só pode ser feita por profissionais treinados, pois os peixes têm espinhos venenosos. Seu veneno pode causar náuseas, febre, vermelhidão e convulsões. Assim, quem avistar um desses animais deve notificar um profissional.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos