Presidência da Câmara: ACM Neto age para impedir apoio formal do DEM à candidatura de Lira

Paulo Cappelli , Julia Lindner e Natália Portinari
·2 minuto de leitura

BRASÍLIA - O presidente nacional do DEM, ACM Neto, agiu para cancelar um evento que ocorreria na manhã desta segunda-feira para formalizar o apoio da legenda ao nome de Arthur Lira (PP-AL) na disputa pelo comando da Câmara. Apesar do anúncio de neutralidade na noite deste domingo, Lira chegou a anunciar a realização do ato por meio de sua assessoria. De acordo com integrantes da sigla, 21 dos 29 deputados democratas apoiam o candidato do PP, que tem como principal adversário o deputado Baleia Rossi (MDB-SP).

Ao GLOBO, ACM Neto admitiu que atuou diretamente para impedir o anúncio formal de apoio do DEM ao nome de Lira:

- Não existe isso (apoio oficial do DEM a Lira). Os deputados que já o apoiavam quiseram fazer um ato hoje pela manhã no Salão Verde ao lado dele. Houve essa provocação. Quando soube, entrei no circuito para que isso não acontecesse.

Segundo fontes, a intenção de ACM Neto é evitar um desgaste desnecessário com o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), principal articulador da candidatura de Baleia. A avaliação, no entanto, é que a tensão entre os dois ainda é grande. Após o desembarque do DEM, no domingo à noite, Maia disse ao presidente da sigla que deve deixar o partido.

A aliados, o presidente da Câmara relatou que se sentiu traído por ACM, já que esperava que os apoiadores de Lira fossem retaliados pelo partido. Em declaração ao GLOBO na semana passada, quando o partido ainda compunha o bloco de Baleia, ACM Neto disse que não haveria punição aos apoiadores de Lira e afirmou que iria "respeitar as diferenças".

Maia também voltou a ventilar nas últimas horas, em conversas reservadas, a possibilidade de aceitar um dos pedidos de impeachment protocolados contra o presidente Jair Bolsonaro no seu último dia no cargo.

Na madrugada de hoje, a assessoria de Lira encaminhou a agenda do candidato na qual constava "anúncio de apoio do DEM à candidatura de Arthur Lira", às 9h30. Pouco antes do horário previsto, o evento foi cancelado.