Presidência deve gastar R$ 430 mil em flores para receber autoridades

Flowers in a garden of the Palacio do Planalto in Brasilia on February 19, 2008. Organized by the Global Legislators' Organization for a Balanced Environment, the G8+5 Climate Change Dialogue to develop the roadmap for the United Nations Framework Convention on Climate Change (UNFCCC)?s Summit in Copenhagen in 2009, will be held in Brasilia on Wednesday.  AFP PHOTO/Evaristo S? (Photo credit should read EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Jardim em frente ao Palácio do Planato (Foto: Evaristo Sá/AFP via Getty Images)

A Presidência da República estima que gastará R$ 430 mil em arranjos de flores. A razão, segundo o governo federal, é receber personalidades importantes no Palácio do Platanto e cumprir protocolos para tal. As informações são da coluna do jornalista Guilherme Amado, da Revista Época.

Leia também:

Entre as flores há arranjos nobres, tropicais e de campo e inclui espécies como orquídeas, além de coroas fúnebres. Segundo a coluna, há ainda um pedido de três arvores de Natal já enfeitadas. Cada um custa R$ 15 mil.

Questionada, a presidência afirmou que o órgão recebe “muitas personalidades, como chefes de estado, delegações diplomáticas, políticos e artistas. Em certos eventos, existem protocolos e costumes a serem seguidos, como a decoração do local, utilizando-se de arranjos e flores ornamentais”.

Há cerca de 8 meses, já havia sido aberto um edital de R$ 84 mil em flores.