Presidente do Bahia se revolta por erro em jogo contra o Flamengo: 'Fechem as portas'

·1 min de leitura

O presidente do Bahia, Guilherme Belintani, se manifestou sobre o erro a favor do Flamengo no pênalti marcado no Maracanã, nesta quinta-feira.

O juiz não mudou a decisão mesmo assistindo o vídeo que mostra bola batendo no peito do zagueiro Conti.

"O futebol brasileiro virou um escândalo, um assalto, um absurdo. Fechem as portas. Terceiro jogo seguido com erro afrontoso contra o Bahia. Vergonhoso, indisfarçável. Querem rebaixar o Bahia? Eu imagino porque. Mas não vão conseguir", disse o dirigente.

No estádio, os jogadores do Bahia quase não voltaram para o segundo tempo. O clue reclamou também no Twitter, com mensagens em tom de ironia.

"Ameaçamos não voltar pro segundo tempo. Mas abandonar o jogo não é coisa desse clube aqui. A gente não quer favorecimento, apenas arbitragens justas.", postou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos