Presidente do Benfica, Luís Felipe Vieira é preso em Lisboa

·1 minuto de leitura

O presidente do Benfica, Luís Felipe Vieira, foi detido nesta quarta-feira em operação da polícia portuguesa. O procurador Rosário Teixeira emitiu ordens de busca e apreensão em meio a investigações sobre crimes de burla, abuso de confiança e lavagem de dinheiro. As informações são da emissora portuguesa "TVI"

Também foram presos na operação os empresários José António dos Santos, Tiago Vieira — filho do mandatário do Benfica — e Bruno Macedo, empresário responsável pelas contratações de Jorge Jesus, Éverton Cebolinha e Lucas Veríssimo no Estádio da Luz.

Segundo as investigações, o presidente dos encarnados teria utilizado sua influência para facilitar negócios envolvendo as empresas de José António dos Santos e de Nuno Gaioso Ribeiro, outro procurado pela polícia.

As operações envolveriam manobras financeiras na compra e venda de ações do Benfica, algumas delas travadas pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários de Portugal. Em uma delas, José António dos Santos embolsaria até 11 milhões de euros.

Luís Felipe Vieira passará a noite detido no batalhão de polícia de Moscavide, cidade vizinha a Lisboa. Seu caso será julgado pelo juiz Carlos Alexandre na próxima quinta-feira, diz a TV portuguesa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos