Presidente cazaque descarta negociação e autoriza polícia a atirar em manifestantes

Policiais patrulham ruas de Almaty, após manifestações, em 5 de janeiro de 2022

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos