Presidente do Chelsea há quase 20 anos, Bruce Buck renuncia após venda do clube

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Chelsea anunciou nesta segunda-feira que Bruce Buck está deixando o cargo de presidente do clube após quase 20 anos. O norte-americano, que sairá em definitivo apenas no final de junho, mas continuará envolvido na equipe londrina como conselheiro sênior.

Fórmula 1: Verstappen controla GP do Canadá e amplia vantagem na liderança do mundial de pilotos

Mundial de natação: 2º dia tem medalha de prata e mulheres fazendo história para o Brasil; veja resumo

Divergência: Mbappé contradiz presidente da FFF sobre vontade de não jogar mais na seleção francesa após Euro-2020

A saída é mais uma das recentes mudanças às quais o clube está se submetendo desde a venda feito pelo bilionário russo Roman Abramovich. A conclusão da aquisição do Chelsea pelo consórcio liderado por Todd Boehly, no final de maio, está em andamento.

“Estou orgulhoso de ter ajudado o Chelsea a ter grande sucesso em campo e causar um impacto positivo na comunidade”, disse Buck. “Agora é a hora certa de deixar o cargo e permitir que a nova propriedade se construa sobre as bases sólidas que temos.”

Paulo Sousa avalia ir à Fifa: Flamengo 'rasga' acordo com técnico e emperra pagamento de multa

Buck é presidente do clube desde 2003, quando desempenhou papel fundamental na aquisição do Chelsea por Abramovich e presidiu o time em um peroído de grandes conquistas em campo, tanto para a equipe masculina quanto para a feminina, além de um grande desenvolvimento fora de campo.

Entenda: o que é o transfer ban que o Corinthians pode sofrer e quais os seus riscos

No período em que esteve à frente do clube, Buck ajudou o Chelsea conquistar um Mundial de Clubes, duas Ligas dos Campeões, duas Uefa Europa League, uma Supercopa da Uefa, cinco edições da Premier League, cinco Copas da Inglaterra, três Copas da Liga Inglesa e duas Supercopas da Inglaterra.

“Bruce levou o Chelsea Football Club aos mais altos níveis do futebol nacional e internacional, além de desenvolver um dos projetos de responsabilidade social mais ativos no esporte. Agradecemos a Bruce por seu serviço e seu compromisso com o clube”, disse Boehly.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos