Presidente do Chile pedirá que Congresso adie eleição devido à Covid-19

·1 minuto de leitura
Presidente do Chile, Sebastián Piñera, em Santiago

SANTIAGO (Reuters) - O presidente do Chile, Sebastián Piñera, disse no domingo que pedirá que o Congresso adie a eleição de uma assembleia para redigir uma nova Constituição de abril para maio devido a um aumento de casos de coronavírus.

O país testemunha uma nova onda de infecções de Covid-19 desde o final da temporada de férias, no mês passado.

"As eleições que deveriam acontecer no sábado, 10 de abril, e domingo, 11 de abril, serão realizadas no final de semana de sábado, dia 16 de maio", disse Piñera em um pronunciamento televisionado.

A votação deve eleger não somente membros da Assembleia Constituinte, mas também governadores e prefeitos.

"Esta foi uma decisão muito difícil, mas precisamos tomá-la. Temos a convicção plena de que é o melhor para o país", disse o presidente.

A data da eleição presidencial e parlamentar, 21 de novembro, não foi alterada.

(Por Fabian Cambero)