Presidente chinês diz a Biden que questão de Taiwan é "primeira linha vermelha" que não deve ser cruzada

Xi Jinping e Joe Biden em Bali

PEQUIM (Reuters) - O presidente chinês, Xi Jinping, disse ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, durante sua primeira reunião presencial desde 2017 que a questão de Taiwan é o cerne dos principais interesses da China e a "primeira linha vermelha" nos laços bilaterais que não deve ser cruzada.

Em uma reunião realizada na ilha indonésia de Bali, a primeira entre os dois líderes desde que Biden se tornou presidente, Xi exortou o líder dos EUA a traduzir os compromissos dos EUA feitos a Pequim em relação a Taiwan em ações concretas.

"A questão de Taiwan está no cerne dos interesses centrais da China, a base da fundação política das relações China-EUA e a primeira linha vermelha que não deve ser cruzada nas relações China-EUA", disse Xi em um comunicado publicado pela agência de notícias Xinhua.

Pequim vê Taiwan como uma parte inalienável da China. O governo democraticamente eleito da ilha autogovernada rejeita as reivindicações de soberania de Pequim sobre ela, enquanto os Estados Unidos têm sido frequentemente acusados ​​pela China de encorajar a independência de Taiwan nos últimos anos.

(Reportagem de Eduardo Baptista)