Presidente chinês irá à cúpula Ásia-Pacífico em meio a disputas marítimas

Presidente chinês, Xi Jinping, durante evento em Cingapura. 07/11/2015 REUTERS/Edgar Su

PEQUIM/MANILA (Reuters) - O presidente chinês, Xi Jinping, vai participar de uma cúpula do Grupo de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec) na próxima semana, informou o Ministério das Relações Exteriores da China nesta segunda-feira, em meio a tensões entre o país e as Filipinas sobre disputas territoriais no Mar do Sul da China. A reunião da APEC será em Manila de 17 a 19 de novembro. Os membros da Apec incluem os Estados Unidos, China, Japão, Coreia do Sul, Indonésia e Canadá, e, juntos, representam 57 por cento da produção e 46,5 por cento do comércio mundial. A China tem reivindicações sobre o Mar do Sul da China que coincidem com as de Vietnã, Filipinas, Malásia, Taiwan e Brunei. Pela área passam anualmente em navios cargueiros 5 trilhões de dólares em mercadorias. A cúpula da Asean, realizada na semana passada, com a presença de ambos os Estados Unidos e China, não conseguiu produzir uma declaração final porque as delegações não chegaram a um acordo sobre se deveriam mencionar a disputa sobre o Mar do Sul da China. A China ficou particularmente irritada com uma ação apresentada pelas Filipinas em um tribunal de arbitragem na Holanda. O país diz que não vai reconhecer nem tomar ciência da ação. Antes de ir a Manila, Xi vai participar da cúpula do G20 na Turquia, acrescentou o Ministério das Relações Exteriores. (Reportagem de Megha Rajagopalan e Ben Blanchard em Pequim e Manuel Mogato em Manila)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos