Presidente do Congresso cancela recesso parlamentar devido à crise do coronavírus

Prédio do Congresso Nacional, em Brasília

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), decidiu nesta segunda-feira que não haverá o recesso parlamentar de julho previsto pela Constituição em razão da crise do coronavírus.

A definição ocorreu após reunião de líderes, segundo nota divulgada pela assessoria do senador, e se estende à Câmara dos Deputados.

A Constituição prevê a pausa dos trabalhos do Legislativo entre os dias 17 e 31 de julho, desde que tenha sido votado o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

A Câmara e o Senado já têm adotado rotina de trabalho diferente por conta da pandemia. Para garantir o isolamento social, ambas as Casas têm realizado sessões remotas de votação.


(Reportagem de Maria Carolina Marcello)