Presidente da Caixa diz que país vai bem e elogia Paulo Guedes

Daniella Marques teceu elogios a Paulo Guedes e opinou que os procedimentos adotados por ele foram fundamentais para
Daniella Marques teceu elogios a Paulo Guedes e opinou que os procedimentos adotados por ele foram fundamentais para "virar a estratégia econômica do avesso" (Photo by EVARISTO SA / AFP) (Photo by EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
  • Daniella Marques reclamou de pessoas que "torcem contra" o país

  • Presidente da Caixa também teceu elogios ao Ministro da Economia, Paulo Guedes

  • Declarações ocorrem um mês após a divulgação do Mapa da Nova Pobreza, que constatou que 1 a cada 3 brasileiros têm menos de meio salário mínimo para se manter

Em palestra na Expert XP, evento do grupo XP em São Paulo, a presidente da Caixa Econômica Federal, Daniella Marques, declarou que o Brasil está indo bem. Segundo informações do UOL, a executiva reclamou de pessoas que, segundo ela, "torcem contra" o país.

"Acho que o Brasil está indo bem. Tivemos um teste de resiliência tão grande [pela pandemia]. Parece que tem muita gente torcendo contra o Brasil", declarou.

Em outro momento de sua apresentação, Daniella também teceu elogios ao Ministro da Economia, Paulo Guedes, e opinou que os procedimentos adotados por ele foram fundamentais para "virar a estratégia econômica do avesso".

As declarações de Daniella ocorrem um mês após a divulgação do Mapa da Nova Pobreza da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que constatou que 1 a cada 3 brasileiros têm menos de meio salário mínimo para se manter durante o mês.

O levantamento com base na Pnad Contínua, do IBGE, aponta que, em números absolutos, 63 milhões de pessoas têm menos de R$ 497 para arcar com as despesas mensais. O dado corresponde a 9,6 milhões a mais que 2019 — o número de novos pobres surgidos ao longo da pandemia é quase o tamanho de Portugal.

O estudo da FGV também apontou que mais de de 10,8% dos brasileiros foram registrados vivendo abaixo da linha da pobreza de 2021, ou seja, 23 milhões de pessoas têm menos de R$ 210 mensais (R$ 7 reais por dia) para viver.

Daniella Marques assumiu a presidência da Caixa Econômica Federal em junho, após a demissão de Pedro Guimarães. Formada em administração pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e com MBA – modalidade de pós-graduação – em finanças pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec), Daniella começou sua jornada no governo no fim de 2019, quando era chefe da assessoria especial de assuntos estratégicos do Ministério da Economia.