Presidente da CBF nega intenção de demitir Juninho

·1 minuto de leitura
Brazil's national football team director Juninho Paulista attends a press conference in which coach Tite announced the list of players for the upcoming FIFA World Cup Qatar 2022 South American qualifier matches, in Rio de Janeiro, Brazil, on March 6, 2020. (Photo by Mauro PIMENTEL / AFP) (Photo by MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
Juninho durante coletva na CBF, no Rio

O Blog revelou na quinta-feira que mudanças estão sendo planejadas na CBF. Juninho Paulista corre risco de ser demitido do cargo de coordenador de seleções, cargo que ocupa na CBF há dois anos. Branco, que atualmente trabalha na base, pode ser promovido, com João Paulo Sampaio, gerente da base do Palmeiras, cotado para a mesma vaga na CBF.

Depois da publicação da matéria, por meio da assessoria de imprensa da entidade, o presidente interino da CBF, Ednaldo Rodrigues, negou a intenção de dispensar Juninho. 

Abaixo, o texto enviado pela entidade. Antes dela, porém, vale reforçar que o Blog mantém e sustenta suas informações.

"O presidente interino da CBF, Ednaldo Rodrigues, esclarece que são absolutamente inverídicas e falaciosas as informações publicadas que sugerem tratativas suas a respeito da substituição do Coordenador da Seleção Brasileira Principal, Juninho Paulista. O presidente informa que nunca tratou desse tema com quem quer que seja e que tem absoluta confiança no trabalho da atual Comissão Técnica da Seleção Brasileira."

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos