Presidente da China diz que mentalidade de guerra fria e confronto em bloco precisam ser rejeitados

Presidente da China Xi Jinping em Bali

BANGCOC (Reuters) - Atos que aumentam os conflitos e distorcem as normas internacionais estão "comuns demais" e o mundo deveria rejeitar conjuntamente a mentalidade da Guerra Fria e o confronto em bloco, disse o presidente da China, Xi Jinping, em um discurso por escrito divulgado nesta quinta-feira.

Xi também afirmou que o unilateralismo, o protecionismo e qualquer tentativa de politizar e armar as relações econômicas e comerciais devem ser rejeitados por todos.

As observações deveriam ser feitas originalmente por Xi em um fórum de negócios à margem da cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC) em Bangcoc. O discurso foi fornecido à mídia pela delegação chinesa.