Presidente da COP26 vê avanços, mas pede ações mais urgentes dos países

LUCIANO TRINDADE
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente da COP26 (Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática de 2021), Alok Sharma, disse nesta quinta-feira (22) que a Cúpula de Líderes sobre o Clima permitiu avanços na luta contra as mudanças climáticas, mas espera que os países tenham ações mais efetivas contra o aquecimento global. "Hoje avançamos, porém necessitamos mais passos. Necessitamos uma resposta que esteja à altura da urgência da situação que enfrentamos. Este é o problema fundamental da época política que vivemos", afirmou Sharma, que participou da segunda sessão do encontro, sobre investimentos para soluções climáticas. Sharma destacou, ainda, que "as mudanças climáticas não respeitam fronteiras" e por isso "devemos trabalhar juntos para termos um mundo melhor." O discurso foi acompanhado pela ministra do Meio Ambiente do Chile, Carolina Schmidt, que presidiu a COP25.