Presidente da CPI ironiza que defensores da cloroquina brasileiros não ganharam Nobel de Medicina

*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  17-08-2021, 12h00: CPI DA COVID - O senador Omar Aziz (PSD-AM) preside a comissão. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress0
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 17-08-2021, 12h00: CPI DA COVID - O senador Omar Aziz (PSD-AM) preside a comissão. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress0

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), ironizou o fato de que médicos e cientistas brasileiros que defendem a hidroxicloroquina para o tratamento da Covid-19 não foram lembrados pelo Prêmio Nobel de Medicina.

"Ontem assistindo à TV e lendo, [vi que] saiu dois americanos, um deles libanês naturalizado americano, que ganharam o Prêmio Nobel Medicina. Pensei que o pessoal do Brasil que estava concorrendo, que prescreveu cloroquina, que induziu o povo a tomar cloroquina, nenhum dele foi citado sequer", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos