Presidente da Desenvolve SP engrossa debandada após apoio de Rodrigo a Bolsonaro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente do Desenvolve SP, banco de fomento do governo de São Paulo, Sergio Suchodolski, engrossou a debandada de integrantes do primeiro escalão após o anúncio do apoio do governador Rodrigo Garcia (PSDB) ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

Ele entregou sua carta de demissão nesta quarta-feira (5), tornando-se o quarto membro da administração a renunciar em protesto ao apoio do tucano a Bolsonaro. Também saíram os secretários Rodrigo Maia (Projetos e Ações Estratégicas), Zeina Latif (Desenvolvimento Econômico) e Laura Machado (Desenvolvimento Social).

"A decisão do governador é de foro íntimo, não me cabe comentar. Eu particularmente tenho um compromisso com a defesa da democracia, da sustentabilidade e da diversidade, e por isso entendo que esse apoio marca o fim de um projeto. Sou muito grato ao governador Rodrigo e ao antecessor, João Doria", afirmou Suchodolski.

Ele estava no cargo desde janeiro, com planos de ficar até dezembro, interrompidos agora. A Desenvolve SP é uma instituição financeira estatal que financia projetos no estado. O substituto de Suchodolski ainda não foi anunciado.