Presidente da FIA ataca ativismo de Hamilton, Vettel e Norris

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Mohammed Ben Sulayem é o presidente da FIA desde o fim da temporada passada. Foto: ANP via Getty Images
Mohammed Ben Sulayem é o presidente da FIA desde o fim da temporada passada. Foto: ANP via Getty Images

Mohammed ben Sulayem tem falado sobre todas as coisas da Fórmula 1 recentemente, inclusive falando sobre os posicionamentos de importantes pilotos como Lewis Hamilton, Sebastian Vettel e Lando Norris.

O presidente da FIA desde dezembro do ano passado deu entrevista ao portal Grandprix247 durante o fim de semana do Grande Prêmio de Mônaco e falou sobre uma série de tópicos, desde seu tempo como piloto de rali de sucesso até como ele governará a principal entidade de automobilismo do mundo.

Leia também:

O momento mais polêmico deste bate papo, foi quando ele falou sobre as ações de Hamilton, Vettel e Norris fora do esporte, afirmando: “Niki Lauda e Alain Prost só se importavam em pilotar. Agora, Vettel dirige uma bicicleta arco-íris, Lewis é apaixonado por direitos humanos e Norris aborda a saúde mental. Todos têm o direito de pensar. Para mim, trata-se de decidir se devemos impor nossas crenças em algo sobre o esporte o tempo todo”, analisou.

“Eu sou de uma cultura árabe. Eu sou internacional e muçulmano. Eu não imponho minhas crenças a outras pessoas? De jeito nenhum! Nunca. Se você olhar para a minha operação nos Emirados Árabes Unidos: 16 nacionalidades! Cite-me uma federação que tenha tantas nacionalidades”, seguiu.

“No topo, há mais de 34% de mulheres e 7 religiões. E ainda mais cristãos do que muçulmanos. Tenho orgulho porque cria credibilidade e mérito. Mas eu vou e coloco minhas crenças? Não. As regras estão lá, mesmo agora há problemas quando se trata de – por exemplo – joias, eu não escrevi isso”, falou o dirigente.

O presidente está se referindo à forma como as três estrelas do esporte se comportam fora das pistas e nos finais de semana de corrida.

Na temporada passada vimos rivais na pista, Hamilton e Vettel, tomarem posição nas corridas no Qatar e na Arábia Saudita. O britânico usava um capacete de arco -íris nas corridas com as palavras 'estamos juntos' impressas.

Vettel também vestiu uma camisa para apoiar a comunidade LGBTQIA+ no Grande Prêmio da Hungria, dadas as opiniões que o país tem sobre eles.

Norris também falou sobre as pessoas recebendo a ajuda de que precisam com sua saúde mental, além de fazer sua parte para arrecadar fundos com o companheiro de equipe Daniel Ricciardo na McLaren, que arrecadou fundos para instituições de caridade de saúde mental no passado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos