Presidente da Funarte falava com O GLOBO no momento em que sua nomeação era suspensa

Nelson Gobbi
O Globo
Dante Mantovani ficou apenas três meses a frente da Funarte
Dante Mantovani ficou apenas três meses a frente da Funarte

RIO - Nomeado e exonerado no mesmo dia para a presidência da Fundação Nacional de Artes (Funarte), o maestro Dante Mantovani falava com a reportagem de O GLOBO no momento da publicação da Portaria em edição extra do Diário Oficial da União, sem saber que esta tornava sem efeito a nomeação.

Durante a entrevista, o maestro, que está em Brasília, relatou que estava preparando um relatório de seus 90 dias à frente da Funarte para tentar uma audiência com Jair Bolsonaro. Ele também comentou sobre planos de lançar um edital de emergência para socorrer artistas durante a pandemia de Covid-19, e disse estar pronto para retomar o diálogo com a secretária Regina Duarte. Mantovani reclamou da forma como a mídia deu destaque para o vídeo em que foi retirado o trecho com uma associação entre rock e satanismo, e que não teve chance de expôr sua versão para Regina Duarte.

- Não tive a oportunidade de explicar a ela que aquilo veio de uma aula online baseada em teorias de três livros acadêmicos, que pesquisam o uso ideólogico de várias vertentes musicais por grupos políticos - disse o maestro. - Sou do diálogo, sempre. Quero falar com ela da mesma forma que fiz quando estive à frente da Funarte, aberto a todos os grupos. Espero que ela também esteja aberta ao diálogo com todos, não só com a esquerda.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mantovani não quis comentar a crise política causada pela sua nomeação à revelia de Regina Duarte, o que foi interpretado como um sinal de que a secretária poderia ser o próximo nome de peso a deixar o governo, após as saídas de Mandetta e Moro.

- O meu perfil é técnico, sou um gestor que vem da iniciativa privada, muito focado em projetos. Não conseguiria fazer uma análise dessa conjuntura política. Toda a parte política é o presidente quem decide - comenta Mantovani. - Toda a minha atuação na Funarte é voltada para quem mais necessita, não para os medalhões que foram privilegiados durante tanto tempo.

Os dois atos foram assinados pelo ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto. Regina Duarte não foi avisada da nomeação e ficou surpresa. Ao longo do dia, ela marcou uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro para esta quarta-feira. A reportagem retornou para falar com Mantovani sobre a anulação de sua nomeação, mas nao obteve resposta.

Leia também