Presidente da Guatemala visita Ucrânia e se solidariza com Zelensky

O presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, visitou a Ucrânia, nesta segunda-feira (25), e se solidarizou com seu homólogo Volodimir Zelensky pelo dano causado pela invasão russa, lamentando as consequências globais do conflito.

"Uma prova irrefutável das consequências dessa guerra são os efeitos econômicos globais que tem gerado inflação, aumento dos custos de vida e, portanto, mais pobreza", afirmou Giammattei em uma declaração conjunta divulgada em espanhol pelo governo guatemalteco.

O governante guatemalteco afirmou que esta situação prevê "uma crise alimentar que pode significar a morte de milhões de pessoas"  no futuro. A América Central importa quase todos os grãos que consome e que são produzidos na região em conflito.

A visita de Giammattei é uma resposta ao convite feito em junho por Zelensky, disse o secretário de Comunicação Social da Presidência da Guatemala, sem dar mais detalhes ou especificar a duração de sua estadia.

Zelensky considerou que "o mundo todo está sofrendo as graves consequências da agressão russa, como a crise alimentar a desestabilização dos preços".

"O custo de vida está aumentando injustamente, somente juntos podemos proteger o mundo e a ordem jurídica internacional", afirmou após agradecer o apoio da Guatemala à soberania da Ucrânia e a criação de um tribunal criminal especial "para punir a Rússia pela agressão".

Durante a visita, os governantes concordaram em abolir o visto obrigatório para os guatemaltecos, assim como estabelecer diálogo comercial para projetos específicos sem intermediários.

Tropas russa invadiram a Ucrânia em 24 de fevereiro, gerando um conflito com repercussões mundiais.

Na Guatemala, um dos principais efeitos é o aumento dos preços dos combustíveis que levou o governo a implementar subsídios, que alguns setores da oposição consideram insuficientes.

hma/ec/llu/dga/ap/am

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos