Presidente da Ucrânia diz que líder indonésio o convidou para cúpula do G20

Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, durante entrevista coletiva em Kiev

JACARTA (Reuters) - O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, disse nesta quarta-feira no Twitter que seu colega indonésio o convidou para participar da cúpula das principais economias do Grupo dos 20 (G20) a ser realizada no país do Sudeste Asiático neste ano.

"Tive conversas com o presidente @jokowi... Agradeço por me convidar para a cúpula do @g20org", disse ele em um tuíte, referindo-se ao presidente indonésio, Joko Widodo, atual presidente do G20.

Zelenskiy não confirmou se aceitaria o convite para a cúpula na ilha de Bali em novembro. A Rússia disse que seu presidente Vladimir Putin planeja participar.

O palácio presidencial da Indonésia e o gabinete do secretário de Estado não responderam imediatamente aos pedidos de confirmação.

A Ucrânia não é membro do G20, mas os presidentes do grupo já realizaram convites a países antes. O ministro das Finanças da Ucrânia participou de uma reunião de autoridades financeiras do G20 em Washington na semana passada.

O G20 condenou a invasão da Ucrânia pela Rússia, que, agora em sua nona semana, aumentou as tensões geopolíticas, provocou ondas de abalo na economia global e gerou uma crise humanitária.

A Rússia chama suas ações na Ucrânia de operação especial.

Vários membros do G20 pediram que a Rússia e Putin sejam excluídos da cúpula de líderes, mas a Indonésia se opôs, dizendo que é muito cedo para decidir.

(Reportagem de Zahra Matarani e Stanley Widianto)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos