Presidente da Ucrânia pede sanções mais rigorosas contra Rússia

Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, em Kiev

PRAGA (Reuters) - O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, fez um apelo à União Europeia nesta quarta-feira para endurecer as sanções contra a Rússia, advertindo que as forças russas poderiam atacar outros países depois de invadir a Ucrânia.

Em um discurso para ambas as câmaras do Parlamento da República Tcheca através de um link de vídeo, Zelenskiy reiterou os apelos para que a UE permita que a Ucrânia inicie o caminho para a adesão ao bloco de 27 nações, dando-lhe o status de país candidato.

"Como no passado, a invasão russa da Ucrânia é o primeiro passo que a liderança russa precisa para abrir o caminho para outros países, para a conquista de outros povos", disse ele.

(Reportagem de Pavel Polityuk)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos