Presidente da Vivendi deixará conselho da Telecom Italia com efeito imediato

.

PARIS (Reuters) - O presidente-executivo da Vivendi, Arnaud de Puyfontaine, disse à Telecom Italia que deixará o cargo de membro do conselho de administração da empresa com efeito imediato, afirmou um porta-voz da Vivendi à Reuters.

"Arnaud de Puyfontaine deseja dedicar seus esforços como presidente da Vivendi, que é a maior acionista da Telecom Italia desde 2015, para restabelecer um caminho de crescimento para a Telecom Italia (...)", disse o porta-voz.

"O forte interesse da Vivendi na Telecom Italia é confirmado com uma perspectiva de longo prazo, já que a Itália permanece no centro da estratégia da Vivendi", disse o porta-voz.

De Puyfontaine afirmou no mês passado que estava grato ao governo italiano por criar condições para negociações construtivas sobre o futuro do grupo italiano de telefonia.

Roma disse que está trabalhando com o banco estatal Cassa Depositi e Prestiti (CDP) e fundos internacionais em opções para a grade de rede da Telecom Italia.

(Por Mathieu Rosemain)