Presidente do governo da Espanha agradece Lula por destacar revogação da reforma trabalhista

·1 min de leitura
Na foto, Pedro Sánchez (Foto: REUTERS/Javier Barbancho)
Na foto, Pedro Sánchez (Foto: REUTERS/Javier Barbancho)
  • Pedro Sánchez mencionou o ex-presidente Lula e agradeceu pela manifestação do petista

  • O tema foi a recuperação dos direitos trabalhistas na Espanha

  • Ambos postaram mensagens em suas contas oficiais no Twitter

Ao falar sobre os direitos trabalhistas, o presidente do governo da Espanha, Pedro Sánchez, mencionou o ex-presidente Lula (PT) e agradeceu pela manifestação do petista também nas redes sociais.

"Esta é uma conquista coletiva da Espanha, um compromisso do Governo e um exemplo de que, com diálogo e acordos, podemos construir um país mais justo e solidário. Obrigado, @LulaOficial, por reconhecer este novo modelo de legislação trabalhista que garantirá os direitos de todos", disse Sanchéz.

Também pelas redes sociais, o pré-candidato do PT à Presidência da República chamou a atenção para o que está sendo feito na Espanha.

"É importante que os brasileiros acompanhem de perto o que está acontecendo na Reforma Trabalhista da Espanha, onde o presidente Pedro Sanchez está trabalhando para recuperar direitos dos trabalhadores", ressaltou.

A Espanha está em um processo de revisão de uma reforma trabalhista que foi feita em 2012, que é apontada como a culpada pela precarização das condições de trabalho.

No Brasil, a reforma trabalhista entrou em vigor em 2017 e alterou uma série de normas que tinham validade até então.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos