Presidente do Grêmio nega concorrer ao Governo do RS

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Romildo Bolzan Jr afirmou que irá cumprir seu mandato no Grêmio até o fim.
Romildo Bolzan Jr afirmou que irá cumprir seu mandato no Grêmio até o fim. Foto: (Fernando Alves/AGIF)

Depois meses de mistério por parte do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr, sobre seu futuro no clube, o mandatário confirmou, no começo da tarde desta quinta-feira, que não será o candidato do PDT ao Governo do Rio Grande do Sul.

Principal nome cotado pelo partido, principalmente pelo reconhecimento do sucesso administrativo à frente do tricolor gaúcho, Bolzan optou por continuar no clube e não mudará de ideia: "Sou filiado a um partido e não vejo nisso nenhum crime ou desonra. Para estar no Grêmio em 2014 eu renunciei a presidência do PDT. Por quê? Naquele momento tinha missão de ser presidente do Grêmio e pretendo concluí-la. Recebi convite do meu partido para concorrer ao governo do Estado. Como cidadão e militante, me sinto extremamente orgulhoso desse convite. Sou muito grato ao PDT, mas disse a eles que não poderia aceitar, que vou cumprir meu compromisso com o Grêmio. Isso é definitivo".

Leia também:

Pressionado por conselheiros do clube e torcedores 'comuns', Romildo estava segurando sua decisão, ou ao menos a revelação dela, por conta do forte lobby gerado dentro do partido para sua candidatura. Era esperado, inclusive, que o pré-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes, viajasse ao Rio Grande do Sul para reforçar os pedidos já feitos pelas lideranças estaduais: "Podem perguntar de uma maneira ou outra, por que demorou tanto? Recebi o convite, fizemos uma situação de avaliação e aqui faço uma mea-culpa sincera. Acho que a avaliação de ter demorado na resposta, esse erro cometi. Deveria ter encerrado o assunto antes, mas às vezes a gente se equivoca. Deixei ambientes tomarem proporções que não deveriam. Estou estancando o assunto. Digo aqui é definitivo. Não tem outra possibilidade. O assunto é pauta encerrada".

Romildo Bolzan Jr tem mandato válido até dezembro deste ano, quando se encerra seu terceiro período consecutivo no comando do Grêmio. Entre os meses de outubro e novembro, o clube irá definir o novo presidente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos