Presidente do PSB diz que partido apoiará Lula em 2022

·1 minuto de leitura
Carlos Siqueira, presidente do PSB. Foto: Reprodução
Carlos Siqueira, presidente do PSB. Foto: Reprodução
  • Carlos Siqueira disse que o foco é derrotar Bolsonaro

  • Ele ainda fez críticas a Ciro Gomes

  • Líder partidário ainda enfatizou a importância da esquerda ganhar em alguns estados

Carlos Siqueira, presidente nacional do PSB, declarou nesta sexta-feira (25) que “tudo indica” que seu partido apoiará a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de 2022.

Na entrevista, dada ao canal da revista Carta Capital, Siqueira fez críticas ao presidenciável Ciro Gomes (PDT) por suas declarações sobre Lula. Ele aproveitou para defender uma Frente Ampla para derrotar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas urnas.

Leia também:

O líder partidário também destacou a importância que ele avalia na possível vitória da esquerda nos governos de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, onde o partido deve lançar o nome de Marcelo Freixo para governador. Freixo acaba de deixar o PSOL para entrar no PSB junto com o governador do Maranhão, Flávio Dino, que saiu do PCdoB.

“Lula tem a menor rejeição [na pesquisa IPEC], espero que se mantenha assim. A polarização contra Bolsonaro está dada e dificilmente será alterada. Eu disse ainda ontem que o PSB apoiará aquele que tiver condições de liderar essa Frente Ampla e tudo indica que seja o Lula. Se for, estaremos lá”, disse Siqueira.

O líder do PSB enfatiza que o alvo deve ser o presindete. “O alvo a ser atingido é Bolsonaro, um fascista no poder. O Ciro erra quando faz ataque ao presidente Lula. O alvo da oposição é muito claro”, opinou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos