Presidente dos Jogos de Tóquio diz que cancelamento não foi discutido

·1 minuto de leitura
Anéis olímpicos

TÓQUIO (Reuters) - O presidente da Olimpíada de Tóquio 2020, Toshiro Muto, disse nesta quarta-feira ser natural que as organizações de notícias tenham opiniões diferentes sobre os Jogos Olímpicos, quando questionado sobre um editorial pedindo o cancelamento do evento publicado por um jornal patrocinador.

Muto acrescentou que nenhum membro do conselho dos Jogos havia cogitado o cancelamento ou o adiamento da Olimpíada como uma possibilidade durante uma reunião do conselho da Tóquio 2020 nesta quarta-feira.

O jornal japonês Asahi Shimbun, parceiro oficial da Olimpíada de Tóquio 2020, pediu o cancelamento dos Jogos em um editorial nesta quarta-feira, citando riscos à segurança pública e tensões no sistema médico decorrentes da pandemia de Covid-19.

(Reportagem de Sakura Murakami)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos