Presidente do Flamengo não se comove com declarações de Jorge Jesus, e o descarta

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A delegação do Flamengo chefiada pelo presidente Rodolfo Landim chegou ao Rio depois do empate com o Talleres, pela Libertadores, ciente das declarações do técnico Jorge Jesus.

O mandatário rubro-negro, porém, não esbanjou reação nem se comoveu com elas. Landim tem se preocupado em basear suas decisões sem se deixar levar por pressão interna ou de internet, e ignora supostas crises, sobretudo as que envolvem o técnico Paulo Sousa.

Aos seus pares, o presidente demonstra suas convicções, faz o que acha certo para o clube, e liga pouco para o que se fala fora do ambiente do Ninho do Urubu do qual tem acesso. Nesse sentido, segue a confiança e respaldo ao trabalho que está sendo feito.

Fora da viagem a Argentina, o vice de futebol Marcos Braz tem tido outra postura. Vazou uma declaração do dirigente de que via dificuldades de Paulo Sousa em definir a equipe. Em seguida, declarou respaldo ao treinador.

Desta vez, não fez comentários sobre Jorge Jesus. Circula no Flamengo que Braz encontraria o treinador no Rio durante os dias de férias, mas nenhuma das partes confirma. Procurado, Braz também não quis comentar a fala do técnico português.

Do lado de Jorge Jesus, as declarações que se tornaram públicas através do jornalista Renato Maurício Prado, que acompanhou o treinador em um jantar na casa do ex-presidente Kleber Leite, foram vistas como fora de contexto e um pouco desrespeitosas. Mas ele não as negou.

Já Kleber Leite, que é conhecido na Gávea como padrinho político de Braz, se pronunciou através de seu blog, com mensagem aos dirigentes do Flamengo. Confira abaixo:

Mensagem aos nossos dirigentes

A matéria publicada pelo brilhante jornalista Renato Maurício Prado, a meu conceito, ajudou e, muito, o torcedor do Flamengo a enxergar a alma do nosso doce Portuga e a entender o nosso momento.

Quem acompanha o nosso blog sabe o que penso – e não é de hoje – sobre Paulo Sousa. O resumo da ópera pode ser a conclusão de um torcedor, aqui publicada no post anterior: “mesmo vencendo, tem sido um sofrimento ver o Flamengo jogar”.

Outro ponto que precisa ficar bem claro, pois pode haver alguém imaginando que, quando é tornado público que Jorge Jesus tem uma data limite para dar um novo rumo à sua vida profissional, haja a intenção de encostar os dirigentes do Flamengo na parede. Nada disso!

Enfim, como rubro-negro torço, sem nenhuma intenção em interferir, para que nossos dirigentes tenham sensibilidade em decidir, atentos ao momento único que pode definir o destino, feliz ou não, do nosso futebol.

Que São Judas os ilumine…

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos