Presidente de La Liga enviará reclamação à Uefa sobre negociação entre PSG e Mbappé

O presidente de La Liga, Javier Tebas, disse nesta terça-feira que a entidade enviará uma reclamação formal à Uefa dentro de “um ou dois dias” tratando do novo contrato firmado entre o Paris Saint-Germain e atacante Kylian Mbappé. À AFP, ele disse ser “impossível que não houvesse trapaça” na negociação feita entre atleta e clube francês.

'Não se diz não': Isco alfineta Mbappé em post de adeus ao Real Madrid

Tebas alega que as regras de fair play financeiro da Uefa foram descumpridas, e que La Liga “não permitirá que um clube europeu destrua o ecossistema do futebol europeu”.

— A reclamação que apresentaremos à UEFA já está redigida e em fase de revisão — disse Tebas, acrescentando que o manifesto será enviado “dentro de um ou dois dias”. — Não vamos permitir que um clube europeu destrua o ecossistema do futebol europeu.

Jornal: PSG tem interesse em negociar Neymar após renovação bombástica de Mbappé; brasileiro não quer

O PSG havia anunciado oficialmente a renovação do contrato com Mbappé no último sábado, após uma longa negociação entre as partes, além de uma série de especulações que ligavam o nome do atleta ao Real Madri.

Mbappé assinou contrato com os franceses até 2025. Segundo a “EuroSport”, o time invstirá 300 milhões de euros somente em luvas para o atleta, mais um salário de 100 milhões de euros (cerca de R$ 507 milhões) por ano.

Rodrigo Capelo: Mbappé mostra jogo de poder do futebol

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, já havia adiantado, em entrevista à AFP, que rejeitaria as críticas da La Liga ao novo acordo entre Mbappé e PSG.

— Eu absolutamente não concordo. Há muitos insultos de qualquer maneira no futebol, e acho que cada liga deve se preocupar com sua própria situação. Não acho certo que uma liga critique a outra. Tanto quanto sei, a oferta do Real por Mbappé foi semelhante à oferta do PSG — disse Ceferin.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos