Presidente do México agradece Biden por envio de vacinas contra Covid-19

·1 minuto de leitura
Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, agradeceu nesta sexta-feira o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, por concordar em fornecer 2,7 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 ao país para ajudar a compensar o déficit da campanha de imunização mexicana.

"Agradecemos ao presidente Biden por nos enviar essas vacinas", disse López Obrador em visita ao Estado de Veracruz, no leste do país, ressaltando que o acordo foi alcançado em bons termos para o México e que espera que as vacinas cheguem na próxima semana.

Devido a atrasos nas entregas prometidas, o México tem encontrado dificuldades para obter vacinas suficientes para cobrir sua campanha de imunização, dependendo cada vez mais de países como Rússia e China para garantir novas doses.

As autoridades anunciaram o acordo assim que o México informou que restringiria as viagens em sua fronteira sul com a Guatemala visando conter a disseminação da Covid-19, junto aos esforços para impedir um aumento na migração ilegal da América Central aos Estados Unidos.

López Obrador disse que, em troca das vacinas, o México daria aos EUA o que sempre deu, ou seja, "amizade e cooperação em todas as esferas".

Ele também elogiou na sexta-feira a farmacêutica norte-americana Pfizer pela entrega das vacinas, que anteriormente sofreu atrasos devido a gargalos no fornecimento.

(Reportagem de Daina Beth Solomon)