Presidente do México sinaliza dia "decisivo" para resgatar 10 mineiros

Acidente em mina no México

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O sábado será um dia crucial no esforço do México para resgatar 10 mineiros presos em uma mina de carvão, disse o presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador.

Os mineiros ficaram presos na quarta-feira em uma mina no Estado de Coahuila, quando seus trabalhos de escavação causaram o colapso da parede de um túnel, provocando inundações em três poços.

"Hoje é decisivo, porque, segundo os técnicos, saberemos se há chance de os mergulhadores entrarem sem risco", escreveu López Obrador no Twitter.

Seis mergulhadores das Forças Especiais mexicanas foram enviados para ajudar no esforço de resgate, que López Obrador disse que continua dia e noite.

"O principal problema são as inundações, embora os equipamentos de bombeamento sejam suficientes e de maior capacidade", acrescentou.

As famílias ficaram de vigília no local, dormindo em cadeiras de plásticos e cobertores espalhados pelo chão, enquanto aguardavam notícias sobre seus entes queridos.

Cinco pessoas conseguiram escapar do acidente.

A mina foi inaugurada em janeiro e não teve "registro de reclamações por qualquer tipo de anormalidade", segundo o Ministério do Trabalho.

(Reportagem de Daina Beth Solomon)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos