Presidente do Peru realizará primeira viagem oficial ao exterior no México e EUA

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
O então candidato presidencial Pedro Castillo discursa em Cusco, no Peru, 25 de junho de 2021 (AFP/Jose Carlos ANGULO)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente do Peru, Pedro Castillo, viajará em 17 de setembro ao México e aos Estados Unidos em sua primeira viagem ao exterior desde que assumiu o poder, para participar de reuniões da Celac, da ONU e da Organização dos Estados Americanos (OEA), informou o governo nesta quinta-feira (9).

Castillo, um professor rural que assumiu a presidência por cinco anos em 28 de julho, deve participar da VI cúpula da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) de 18 de setembro na Cidade do México.

Nos Estados Unidos, o esquerdista Castillo comparecerá à Assembleia Geral da ONU e se apresentará na OEA.

Não está previsto que Castillo seja recebido pelo presidente Joe Biden quando chegar em Washington, de acordo com a permissão que o Congresso peruano lhe concedeu para a viagem, que terminará em 22 de setembro.

A viagem foi anunciada na mesma semana que líderes proeminentes do partido governante Peru Livre - o partido marxista leninista que levou Castillo ao poder - pediram a retirada do Peru da USAID e da DEA.

A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) é um dos maiores sócios do Peru, enquanto a DEA apoia a polícia peruana com recursos no combate ao tráfico de drogas.

ljc/yo/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos