Presidente de Portugal e Braga Netto ocupam lugar de destaque em cerimônia na Esplanada

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, ocupou posição de destaque no palaque das autoridades no desfile de 7 de Setembro e ficou posicionado entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o vice Hamilton Mourão (Republicanos).

O ex-ministro Braga Netto, que compõe a chapa com o presidente na disputa à reeleição, também esteve em posição central na cerimônia, assim como o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira.

Os filhos do presidente e ministros do governo estiveram na ala das autoridades acompanhados de seus familiares.

Ex-titulares de pastas da gestão Bolsonaro que são candidatos em disputas estaduais, como a deputada Flávia Arruda (PL-DF) e Damares Alves (Republicanos-DF), que se enfrentam na briga pela vaga no Senado da capital, também estiveram presentes. A deputada Tereza Cristina (PP-MS), que chegou a ser cogitada para ocupar o posto de vice na chapa do mandatário, marcou presença.

Alguns ministros foram vestidos de maneira semelhante a apoiadores nas arquibancadas. O ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachida, estava enrolado em uma bandeira do Brasil, enquanto os ministros Ciro Nogueira (Casa Civil) e Fábio Faria (Comunicações) estavam de camiseta da seleção brasileira e paletó por cima.