Presidente de Portugal se reúne com Lula em visita ao Brasil

O ex-presidente e pré-candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu com o atual presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, na manhã deste domingo (3). O encontro ocorreu na residência oficial do cônsul-geral de Portugal em São Paulo, Paulo Nascimento, no Jardim Paulista.

Segundo o portal G1, ao sair do encontro com Lula o presidente português disse que os dois conversaram sobre a situação política e econômica da Europa e da America Latina. Rebelo voltou a falar sobre a guerra na Ucrânia e disse que, neste momento, Portugal e Brasil lidam com isso de formas diferentes. Já Lula deixou o local sem conversar com jornalistas. Não há agenda prevista para o político neste domingo.

Em sua conta oficial no Twitter, Lula confirmou que os dois conversaram “sobre a situação política na Europa, na América Latina e a guerra na Ucrânia”. A reunião durou cerca de uma hora e meia.

Ainda de acordo com o portal G1, estavam presentes no encontro o diplomata Celso Amorim, ex-ministro das Relações Exteriores de Lula; Pedro Adão e Silva, ministro da Cultura de Portugal; e Francisco André, secretário de estado português.

Outros encontros

Em sua visita ao Brasil, o presidente de Portugal deve se encontrar com alguns dos ex-presidentes. Na sua agenda, há uma conversa programada com Michel Temer. Ele disse ainda que deve se reunir com Fernando Henrique Cardoso, apesar de a conversa não estar na programação oficial.

Rebelo iria conversar com Jair Bolsonaro (PL), porém o encontro deve ser desmarcado. No seu blog no G1, Valdo Cruz informou que o presidente Jair Bolsonaro, pré-candidato à reeleição pelo PL, decidiu impor uma retaliação ao presidente de Portugal.

O chefe de Estado português tinha uma audiência prevista com Bolsonaro na próxima segunda-feira, em Brasília. Bolsonaro, porém, mandou avisar aos emissários portugueses que a audiência estaria cancelada se Rebelo se reunisse com Lula. Segundo Rebelo, caso não haja confirmação do encontro por parte de Bolsonaro, a agenda será retrabalhada.

Antes de embarcar ao Brasil, Rebelo ressaltou em entrevista a diferente forma que Portugal e Brasil estão lidando com a guerra na Ucrânia e indicou que os dois países se aproximaram bastante nos anos anteriores. Disse ainda que uma desconversa com Bolsonaro não os separaria.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos