Presidente do PSDB anuncia retomada das prévias neste sábado

·2 min de leitura

O presidente do PSDB, Bruno Araújo, informou que o partido pretende retomar a votação das prévias neste sábado, das 8h às 17h. A sigla escolheu a empresa BeeVoter para prosseguir a votação, que ocorre por meio de um aplicativo, após inúmeros problemas de instabilidade. Araújo também afirmou que até às 20h de sábado o PSDB já terá o nome do candidato à Presidência para as eleições de 2022.

— (As votações serão) no mesmo horário que se dá no processo de eleições na Justiça Eleitoral. A ideia é que, logo que se encerre (as votações), nós possamos fazer o processo de apuração — afirmou Bruno.

O presidente tucano afirmou também que a sigla testou o sistema da nova empresa durante toda a madrugada desta sexta-feira. Segundo Araújo, o app da BeeVoter foi submetido a um teste de horas feitas pela empresa, pelo partido e também pela equipe técnica dos candidatos — Arthur Virgílio (AM), Eduardo Leite (RS) e João Doria (SP). Ainda segundo Araújo, durante esta tarde serão realizados mais testes e os últimos ajustes para a votação.

Sobre a confusão do partido com a votação das prévias, Araújo disse que "pelo menos (o PSDB) sai muito conhecido". O presidente ainda afirmou que toda a equipe do partido "tem trabalhado 24 horas" para resolver os problemas e seguir com as prévias.

— Tecnicamente e regimentalmente há a previsão do segundo turno. O que vale é o que está efetivamente combinado antes do processo eleitoral se iniciar. Uma vez o processo eleitoral iniciado, as regras se mantém até o fim — Bruno alegou que os candidatos estão cientes de um possível segundo turno.

Além disso, o presidente do partido disse que o PSDB enfrenta esse problema por ser "pioneiro nas prévias".

— Não tem esse problema na escolha do candidato Moro porque não tem prévias no Podemos. Não tem esse problema no aplicativo de Ciro Gomes porque não tem prévias no PDT. Não tem problema na apuração dos votos do PT porque não tem prévias em Lula. Muito menos, não há problemas no aplicativo do PL porque não tem prévias para o partido e onde Bolsonaro vai.

A votação das prévias presidenciais do partido foi iniciada no último domingo, mas o PSDB decidiu suspender a votação em consequência de falhas no aplicativo pelo qual os filiados registravam seus votos. Ao menos 26 mil não conseguiram votar no aplicativo no domingo. O adiamento das votações provocou novas tensões entre os candidatos João Doria, Eduardo Leite e Arthur Virgílio.

Durante esta semana, o PSDB experimentou a plataforma da empresa RelataSoft, mas anunciou, na última quarta-feira, que os testes "não foram totalmente satisfatórios". Outras três empresas foram testadas: Novoweb, Elejaonline e BeeVoter, a escolhida pelo partido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos