Queda de pequeno avião em Portugal deixa ao menos cinco mortos

Lisboa, 17 abr (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram nesta segunda-feira a após a queda de um pequeno avião próximo a um supermercado na cidade portuguesa de Tires, próxima a Estoril, por motivos ainda desconhecidos.

Fontes do serviço de Proteção Civil confirmaram à Agência Efe que os mortos são o piloto, os três ocupantes da aeronave (todos os quatro de nacionalidade francesa) e um português que estava no local onde o aparelho caiu.

O avião tinha matrícula suíça, disseram à Agência Efe fontes do Gabinente de Prevenção e Investigação de Acidentes.

A aeronave caiu por volta do meio-dia - hora local - na zona de estacionamento do supermercado, situado em uma área residencial, onde foi declarado um incêndio que também atingiu um imóvel próximo.

Várias ambulâncias, policiais e dezenas de membros de diferentes corpos de socorro estão no local do acidente.

Ao local do impacto se deslocou também o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, junto a outras autoridades locais, para conhecer as causas do ocorrido.

A poucos quilômetros de Tires se localiza o Aeroporto municipal de Cascais, desde onde partiu o pequeno avião com destino a Marselha (França).

"Uma aeronave PA-31 que decolava de Cascais com destino a Marselha com três passageiros e um tripulante a bordo sofreu um acidente fora do espaço aeroportuário ", aponta o comunicado divulgado pelo Aeroporto que, por causa do ocorrido, foi fechado ao tráfego aéreo. EFE