Eunício continua na UTI, sem previsão de alta, informa boletim médico

Karine Melo - Repórter da Agência Brasil

Eunício Oliveira presidiu ontem a sessão do plenário do SenadoAntonio Cruz/Arquivo/Agência Brasil

Exames médicos descartaram que o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), tenha sofrido um acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico ou hemorrágico ou esteja com um quado de encefalite viral (doença caracterizada pelo inchaço no cérebro causado por um vírus). A informação foi divulgada pelo Hospital Santa Lúcia por meio de boletim médico. Eunício permanece internado na unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital, estável, consciente, mas ainda sem previsão de alta.

Ontem (26) o senador cumpriu agenda normalmente e comandou no plenário do Senado as votações da proposta que tipifica crimes por abuso de autoridade (PLS 85/2017) e da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 10/2013 que acaba com o foro privilegiado, em primeiro turno.

O parlamentar foi internado na madrugada de hoje (27) após ter tido um desmaio.

Texto e título alterados às 14h14 para corrigir informação. Diferentemente do que foi informado, o presidente do Senado não foi diagnosticado com encefalite viral.