Presidente sul-africano viaja para Londres para primeira visita de Estado no reinado de Charles III

O presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, chegou ao Reino Unido nesta segunda-feira (21) em uma viagem oficial durante a qual se reunirá com rei Charles III, que recebe sua primeira visita de Estado desde que chegou ao trono em setembro.

Além da estreia do novo monarca, esta é a primeira visita de Estado ao Reino Unido desde junho de 2019, quando sua mãe, a rainha Elizabeth II, recebeu o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Ramaphosa e sua esposa, Tshepo Motsepe, devem comparecer a um banquete no Palácio de Buckingham na terça-feira e, além de Charles III, conhecerão outros membros da família real, incluindo o herdeiro ao trono, o príncipe William, e sua esposa Catherine.

Também estão na agenda um discurso para as duas câmaras do Parlamento britânico e uma reunião com o novo primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, em Downing Street.

O presidente sul-africano visitará na terça-feira um monumento erguido em homenagem a seu patrono Nelson Mandela na Abadia de Westminster em 2018, marcando o centenário do nascimento do histórico herói da luta contra o apartheid.

Esta viagem acontece em um momento delicado para Ramaphosa, que enfrenta o descontentamento de seu país com a situação econômica na África do Sul.

Ele também é acusado de comprar o silêncio de ladrões que encontraram bilhões em dinheiro em uma de suas propriedades em fevereiro de 2020, levantando suspeitas de lavagem de dinheiro e corrupção, o que ele nega.

mhc-acc/zm/aa