Presidente do Uruguai recebe dose de reforço da vacina contra a Covid

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 03.02.2021 - O presidente de centro-direito do Uruguai, Luís Lacalle Pou. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 03.02.2021 - O presidente de centro-direito do Uruguai, Luís Lacalle Pou. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BUENOS AIRES, ARGENTINA (FOLHAPRESS) - O presidente de centro-direita do Uruguai, Luis Lacalle Pou, 48, recebeu neste sábado (28) uma vacina de reforço contra o coronavírus. O mandatário, que havia recebido duas doses da Coronavac, em 29 de março e em 26 de abril, tomou hoje o imunizante da Pfizer.

"Terceira dose! Uma vez mais, obrigada a toda a equipe de vacinação de nosso país. Nos sentimos muito orgulhosos de vocês", escreveu em suas redes sociais, onde publicou fotos recebendo a injeção.

No Uruguai, o reforço começou a ser aplicado no último dia 18, a partir de três meses da aplicação da segunda dose. O país é um dos modelos da vacinação na região, ao lado do Chile, e soma 72,1% da população completamente imunizada e 76,8% parcialmente.

Lacalle Pou havia se irritado e trocado farpas com manifestantes antivacinas no último dia 25, dia da independência do Uruguai. A uma mulher que reclamou da "falta de liberdade para viajar e ir aos lugares", imposta pela exigência do certificado de vacinação para entrar em bares, restaurantes, cinemas e escolas, Lacalle Pou afirmou: "Tanto a senhora está livre que está falando como presidente da República sem máscara". A mulher se calou.

Depois, a jornais locais, Lacalle Pou afirmou que as pessoas têm direito a se manifestar, mas que "há gente que nega que a Terra seja redonda".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos