Presidentes dos Três Poderes emitem nota em defesa da democracia após reunião no Planalto

Os presidentes dos Três Poderes — Congresso, Presidência e Supremo — assinaram uma nota conjunta afirmando que trabalham para que “providências institucionais sejam tomadas, nos termos das leis brasileiras” sobre os atos terroristas deste domingo. A nota, assinada por Arthur Lira (Presidente da Câmara), Veneziano Vita Rêgo (Presidente em Exercício do Senado), Rosa Weber (Presidente do STF) e Lula (Presidente da República) rejeita os atos de “terrorismo, vandalismo, criminosos e golpistas” e foi divulgada depois de uma reunião conjunta nesta manhã no Palácio do Planalto.