Presidentes de Ucrânia e Turquia discutem situação de Mariupol

·1 min de leitura
Bandeiras de Ucrânia e Turquia hasteadas em Kiev

KIEV (Reuters) - O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, disse neste domingo que conversou com o presidente turco, Tayyip Erdogan, sobre a necessidade de retirada imediata de civis da cidade portuária de Mariupol, que está quase completamente ocupada pela Rússia.

Ele disse que os dois conversaram --às vésperas de reunião do presidente turco com o presidente russo, Vladimir Putin-- sobre a retirada de pessoas de Mariupol, incluindo da fábrica Azovstal, que está sob cerco, mas segue em mãos ucranianas.

"Enfatizei a necessidade de retirada imediata de civis de Mariupol, incluindo Azovstal, e entrega imediata de soldados bloqueados", escreveu Zelenskiy no Twitter.

A Turquia, membro da Otan, compartilha a fronteira marítima do Mar Negro com a Ucrânia e a Rússia e tem bons laços com os dois países. A Turquia tem apoiado a Ucrânia, mas se opôs às sanções contra Moscou.

A presidência turca disse que Erdogan disse a Zelenskiy durante o telefonema que a retirada dos feridos e civis em Mariupol deve ser garantida, pois "a situação fica mais triste a cada dia".

(Por Natalia Zinets e Can Sezer)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos