Preso acusado de fazer parte de quadrilha responsável por roubo milionário de bobina de geração de energia

·1 minuto de leitura

RIO - A Delegacia de Polícia Interestadual (Polinter) prendeu no sábado um homem acusado de integrar uma quadrilha responsável pelo roubo milionário de 32 bobinas de geração de energia. Ele foi encontrado em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, após o caminhão em que dirigia ser interceptado pelos agentes.

De acordo com informações da polícia, ele começou a ser investigado após comprar um caminhão avaliado em R$ 400 mil para fazer transporte de cargas logo após o roubo das bobinas de uma transmissora de energia, em Paracambi, na Baixada Fluminense. O material estava avaliado em mais de R$ 1 milhão. O crime aconteceu em junho de 2020.

Durante a investigação, o suspeito passou pelos municípios de Cordeirópolis e Pindamonhangaba, localizados em São Paulo; e por Araruama, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. A polícia suspeita ainda de que ele teria usado o caminhão para transportar armas e drogas para comunidades do Rio de Janeiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos