Preso homem acusado de torturar o enteado, de três anos, com isqueiro e pedaço de ferro

Foi preso um homem acusado de tortura e cárcere privado contra o enteado, de três anos, e a mãe da criança, na última sexta-feira, dia 6, em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, do Rio de Janeiro. Ele tentava fugir, quando foi interceptado na saída da cidade por policiais da 126ª DP (Cabo Frio).

Os agentes foram comunicados pelo Conselho tutelar, após a criança ter dado entrada em um hospital com com diversas queimaduras, inclusive, nas nádegas e região da genitália. O rosto também estava desfigurado por socos e tapas.

A mãe da criança prestou depoimento e revelou ter ficado em cárcere privado, ou seja, sem contato com o mundo externo, desde janeiro. Tanto ela, quanto a criança, eram agredidas constantemente. Segundo relato, o autor do crime utilizava isqueiros, pedaços de ferro e madeira para as agressões.

Para além das agressões que levaram a criança ao hospital, o preso já tinha lesionado o tímpano da criança e até a afogado no vaso sanitário.

Policiais fizeram buscas por diferentes endereços do criminoso. Mas a prisão foi feita em flagrante, por volta das 20h, quando os agentes interceptaram a saída de São Pedro da Aldeia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos