Preso na operação 'QG da Propina’, Rafael Alves namorou Carol Castro e se envolveu em polêmica ao dizer que deu carro à atriz

·1 minuto de leitura

Há 15 anos, o empresário Rafael Alves, preso nesta terça-feira, 22, no Rio durante a operação 'QG da Propina’, não frequentava as colunas policiais. Mas ficou famoso por ter namorado Carol Castro. A atriz era rainha de bateria do Salgueiro em 2005 quando Rafael era o presidente de honra da escola. Os dois tiveram um breve relacionamento, que durou o período que antecede o carnaval e logo depois dele terminaram.

O romance, no entanto, fez a alegria dos colunistas e repórteres de celebridades na época. Rafael fazia questão de ser fotografado ao lado da atriz, que tinha 21 anos quando se conheceram e despontava na televisão. Numa ocasião, ele espalhou a notícia de que havia presenteado Carol com um carro zero, um modelo Peugeot 206, lançamento do ano.

“O melhor presente foi meu carro, um Peugeot 206. Ganhei dele no meu último aniversário em março, quando fiz 21 anos”, contou Carol castro à revista “Isto É Gente”. Rafael confirmou na mesma publicação: “Antes de começarmos a namorar, ela sempre dizia que seu grande sonho era comprar este carro. Ã meia-noite do aniversário dela, tirei a chave do bolso. Ela ficou totalmente sem reação”.

Naquele ano, Carol admitiu e desmentiu a notícia. E até hoje o suposto presente de aniversário ainda é um mistério. Rafael, então com 27 anos, namorou Carol por seis meses. tempo suficiente para fazer viagens a Buenos Aires e Angra dos Reis, e até aprender a comer peixe: “Ela me ensinou a comer peixe aqui. Com 27 anos, eu nunca tinha comido peixe. Meu prato preferido é o cherne também”.