Presos por 'livros infantis politizados'

Cinco pessoas ligadas ao Sindicato Geral dos Fonoaudiólogos de Hong Kong foram presas por 'sedição'. Em comunicado divulgado pela polícia nesta quinta-feira, o grupo foi acusado de explicar, por meio de histórias infantis, o movimento pró-democracia de Hong Kong.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos