Presos são encontrados mortos em presídio na Baixada Fluminense; um deles estava enforcado

Dois presos foram encontrados mortos na última quarta-feira (8) em suas celas no presídio Romeiro Neto, em Magé, na Baixada Fluminense. Luiz Carlos Matheus Junior e Jorge Henrique Tenório foram achados nas celas D2 e C3, respectivamente. As mortes são investigadas pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

Veja imagens: Vídeo mostra interior do apartamento em que idosa e diarista foram encontradas degoladas

Em projeto social: Madrasta presa por envenenar enteados cuidou de 14 crianças durante oito anos

'O monstro matou mamãe': Frase de filhos de vítima de assassinato ajuda a obter condenação de suspeito

Luiz Carlos foi encontrado enforcado, ainda preso a uma corda. Já Jorge Henrique estava caído no chão da cela e tinha diversas lesões pelo corpo. O presídio Romeiro Neto abriga presos considerados neutros, que não pertencem a nenhuma facção, além de acusados de extorsão e golpes do falso sequestro.

Nessa quinta-feira (9), o diretor da cadeia pública, policial penal Ricardo Soares da Silva, foi exonerado do cargo. Em seu lugar, assume Paulo Roberto Santos Ramos, que comandava o Instituto Penal Edgar Costa. As mudanças foram publicadas no Boletim Interno da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Rio dessa quinta.

Conhecida como 'Tia': Polícia prende sequestradora foragida acusada de manter vítimas acorrentadas em cativeiro

Bicheiro: Defesa de Rogério de Andrade diz que contraventor está foragido no exterior

'Vivi para contar': 'Esse dinheiro não tem o menor valor', diz mãe de jovem morta no Palace II sobre indenização

Caso Henry: Juíza nega pedido de Jairinho para novos depoimentos de médicos

Jorge Henrique era acusado de envolvimento em homicídios na cidade de Murici, no Alagoas. Ele respondia por ter ordenado a morte de um policial militar e por pelo menos outras duas execuções. Luiz Carlos já tinha sido condenado pelo crime de roubo em três processos diferentes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos