Presos são flagrados com telefones celular em presídio de Bangu

Três presos da Penitenciária Gabriel Ferreira Castilho (Bangu 3b) foram isolados depois de terem sido flagrados com aparelhos de telefone celular. A apreensão foi feita por policiais penais da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), na quarta-feira. De acordo com os agentes, eles fazem parte da cúpula de uma das maiores facções criminosas do Rio.


Preso em 2014, Carlos Fagner de Souza Pinto, o Papagaio, é também considerado um dos maiores traficantes de drogas da Baixada Fluminense. Já Edilson Lourenço de Azevedo, o Caroço de Manguinhos, e Vinícius de Lima Pereira, o Chvevette, atuavam à frente do tráfico de drogas nas comunidades de Manguinhos e Mangueira.
Fogo Cruzado: Apenas este ano, pelo menos quatro crianças foram vítimas de bala perdida no Rio

Eles foram flagrados com os aparelhos durante uma ação desencadeada pela subsecretaria de Inteligência da SEAP e pela subsecretaria de Gestão Operacional para combater a comunicação entre os presos e os comparsas em liberdade.
Covid-19: Com aumento de casos, Rio volta com os centros de testagem

A ação foi desencadeada pela Subsecretaria de Inteligência da SEAP – Ssispen e pela Subsecretaria de Gestão Operacional, que vêm deflagrando operações para coibir comunicações de lideranças de organizações criminosas com comparsas em liberdade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos