Presos suspeitos da morte de ex-jogador do Fluminense. Vídeo mostra ação de assaltante

Marcos Nunes
·2 minuto de leitura
Marcio Baby (2).png

RIO-A Polícia Civil identificou três suspeitos de envolvimento na morte do ex-jogador do Fluminense Márcio Roberto dos Santos Ribeiro, o Márcio Baby, baleado no último dia 6 na Vila da Penha, Zona Norte do Rio. Já se sabe que o objetivo dos bandidos era roubar o cordão de ouro que o ex-atleta usava no pescoço. Dois deles foram presos por policiais da 27ª DP (Vicente de Carvalho), nesta terça-feira, dia 13, em Irajá.

O terceiro suspeito, que a exemplo dos dois primeiros também teve a prisão temporária decretada pela Justiça, está foragido e é procurado pela polícia. Imagens de câmeras de segurança mostram o momento que o ex-jogador de futebol foi baleado. Por volta das 14h42, um homem se aproxima e, ao perceber que Márcio se levanta de uma cadeira, na parte externa de uma padaria, ele dispara dois tiros. Em seguida, foge correndo. De acordo com o delegado Renato Carvalho, da 27ªDP, os presos alegaram que o terceiro suspeito disparou os tiros porque confundiu o ex-atleta com um policial e achou que a vitima estivesse armada.

A polícia descobriu que o atirador havia desembarcado de um táxi, minutos antes do crime, e que estava acompanhado de dois homens, que não participaram diretamente da abordagem ao ex-jogador de futebol. Após os tiros, os três fugiram em um táxi.

O carro foi identificado pelos investigadores e, a partir dele, os policiais conseguiram chegar até os três suspeitos. A vítima ainda foi levada com vida para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, mas não resistiu e morreu no dia seguinte.

Márcio Baby foi zagueiro do Fluminense, time no qual foi revelado. Ele jogou pelo clube entre os anos 1992 e 1994. No dia 7 de abril, o Fluminense divulgou uma nota nas redes sociais lamentado a morte de seu ex-atleta. Abaixo, a íntegra do documento. " O Fluminense lamenta profundamente a trágica morte do ex-jogador Márco Baby, que atuou de 92 a 94 pelo tricolor. O clube deseja muita força aos amigos neste momento tão difícil."